segunda-feira, julho 02, 2007

É de Prástico

Eu lembro que minha primeira Melissa era um modelo que parecia uma botinha transparente toda de plástico vazado. Eu adorava, quando ia brincar no parquinho da escola e aquele troço enchia de areia e barro e meu pé ficava lá dentro escorregando em uma meleca nojenta. E o transparente ficava pardo. E meu pé cheio de feridas.

Mesmo com as intermináveis feridas, eu sempre tive melissinhas. Quando saiu a Scarfun High do Herchcovitch (???) eu comprei uma amarela, on-line, porque nem havia chegado nas lojas ainda, tanto era o desespero para ter uma. E não me esqueço que foi o modelo que mais me machucou. Fez meu pé doer horrores. Mas eu usei até rachar. É, melissa resseca e racha se você usa muito. Então veio o modelo do Karim Rashid, que tem um salto estapafúrdio e eu achei o design fantástico, tive que comprar. Eu uso com moderação porque machuca meu pé bem na lateral. Machuca mesmo, de eu quase mancar, de chegar em casa e arremessar o troço no parede de ódio. Mas é uma peça de design, e eu gosto. Não sei por quê. Elas machucam, e hoje em dia estão caras demais. Por favor, elas são de plástico, borracha, tanto faz! Uma sapatilha custa cem reais! Acho absurdo.

Aí eles inventam que agora elas são feitas de silicone, que estão mais confortáveis e resistentes. Os modelos de salto fino, geralmente entortam o salto ou quebram. E dizem também que o salto é feito de outro material, mais duro. E a parte interna, que cortava o pé nas bordas, agora é forrada com um material mais macio.

Bom, se vocês estavam curiosa(o)s pra saber qual sapato eu comprei no sábado, aí está:

A nova Melissa Disco, versão prata.

Não vale o que eu paguei. Não mesmo. Eu vejo as rebarbas da forma do plástico, o corte, que eles dizem ser a laser, não é perfeito porcaria nenhuma. Mas eu adoro melissas. Elas me machucam, o pé escorrega lá dentro, elas estragam fácil. E não consigo evitar. Eu vejo uma e acho um mimo. Sempre achei.

Para confirmar, sim o salto está mais firme e ela está forrada com uma espécie de tecido por dentro. Não sei o que é, mas espero que fique mais confortável.

E é nesse tipo de momento da vida que eu me sinto a mais imbecil do mundo. Porque um par de sapatos DE PRÁSTICO me tira do controle normal e racional do cérebro.

Existe clínica de tratamento pra isso? Um lugar onde todos andem descalços?

Marcadores: ,

3 Comentários:

Às 11:24 AM , Anonymous vivi disse...

adorooooooooooooooooo ....

sou louca com a Rock Princess + Pequeno Principe e Severine + Thais Losso
( a preta de coraçãozinho roxo ..rs...)

Mas com meu salario de estagiotária de webdesigner...num consigo comprar .... :(

aaa...e como disse o vendedor... "mas você é muito estilosa,
combina com esse sapato", kkk

 
Às 9:52 AM , Blogger Camila Monteiro disse...

Odeio esses vendedores. E todos os vendedores da melissa usam a palavra estilosa a cada 10 segundos(muuuuuuito chato). Comprei uma sapatilha da thais losso, aveludada... Um luxo! Mas os machucados ficaram tão feios que não consegui mais usá-la (mes mo com band-aids). Não vale a pena comprar!

 
Às 9:56 AM , Blogger Camila Monteiro disse...

Melissas são assassinas de pés. Comprei uma aveludada, um luxo! Mas fez um estrago no meu pé!!!!! Mesmo com band aids... Ah, e sobrre os vendedores das lojas melissa... eles são muito, muuuuuuuuito chatos. Usam a palavra estilos a cada 2 segundos (acho q eles são treinados assim) até machuca o ouvido. Bom, machucando ouvidos e pés, não vale a pena gastar perto de 100 paus pra sofrer...

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial